Espaço Maker

O que é um Espaço Maker?

• O Espaço Maker tem ganhado cada vez mais destaque em grandes empresas, startups e instituições de ensino.
Esse ambiente permite que qualquer pessoa possa criar, experimentar e compartilhar soluções, mesmo sem
conhecimento prévio. Para isso o espaço maker oferece ferramentas digitais e tecnológicas, ou mesmo recursos
mais tradicionais, como os de marcenaria.

• Com base na Cultura Maker, o espaço maker é um convite ao protagonismo de novas ideias e criações,
permitindo o desenvolvimento de competências como criatividade, autonomia e empatia.

• Antes de falarmos da importância do Espaço Maker, é preciso entender um pouco mais sobre esse movimento.
“Faça você mesmo” (Do It Yourself) é uma das nomenclaturas utilizadas quando nos referimos ao Movimento
Maker.

• O movimento foi creditado a Dale Dougherty, quando lançou a Make Magazine, em 2005. De lá para cá, a ideia
de colocar a mão na massa para criar e fomentar soluções tomou como base os 10 princípios do Manifesto
Maker.

O Manifesto Maker

Faça: nada melhor do que fazer e criar algo que nos expresse. E isso é um motivo para nos sentirmos completos e felizes.

Compartilhe: toda criação ou aprendizado deve ser compartilhado. É uma satisfação que todos percebem. Como não compartilhar isso?

Presenteie: a sua criação conta um pouco de você. Então, por que não presentear alguém com o seu verdadeiro “eu”?

Aprenda: aprender vai garantir uma existência produtiva e feliz. Então queira aprender, mesmo se você já for especialista ou experiente.

Equipe-se: cada projeto exige ferramentas adequadas, que sejam baratas, acessíveis e fáceis de usar. Investir e desenvolver um acesso local vai te permitir fazer tudo o que planeja

Divirta-se: veja seu projeto também como algo divertido. Isso vai te proporcionar novas descobertas e orgulho quanto ao que você faz.

Participe: não deixe de ir a seminários, festas, eventos e outras atividades com adeptos do Movimento Maker!

Apoie: todo projeto precisa de apoio emocional, intelectual, financeiro, político e institucional. Contribua para um mundo melhor.

Mude: a mudança é um processo natural na criação de um projeto e você deve aceita-la. Isso vai te
deixar mais conectado às coisas que você faz.

Permita-se errar: é errar para aprender. Aproveite o erro para chegar à perfeição, mas não o transforme em medo de tentar novamente.

O Movimento Maker quer estimular a criação de novas soluções, ferramentas e até tecnologias, permitindo que cada um consiga explorar sua curiosidade, criatividade e confiança.

(https://naveavela.com.br/espaco-maker/)

(3) Comments

  • Tom Steven 20 outubro, 2017 @ 9:34 am

    Very excited about the news. Is it free?

    • Daziy Millar 20 outubro, 2017 @ 9:36 am

      Yes it’s free!

  • David Lee 20 outubro, 2017 @ 9:39 am

    This is great. Hope to meet everybody there

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X